Conectado por

Geral

Estados Unidos: pesquisadores anunciam a cura de um paciente com HIV

Pesquisadores do Instituto City of Hope, na Califórnia, Estados Unidos, anunciaram que um paciente que estava com HIV há mais de 30 anos foi curado da infecção. O homem de 66 anos está livre do vírus causador da Aids há mais de 17 meses, depois de ter feito um transplante de medula óssea.

No caso em questão, o paciente havia desenvolvido leucemia mielóide aguda — uma variante de leucemia prevalente em pessoas mais velhas com HIV. Ele recebeu o transplante de um doador voluntário que tinha uma mutação genética chamada CCR5, que torna as pessoas mais resistentes ao vírus. Quem explica é o médico imunologista Werciley Júnior.

O médico imunologista também ponderou que essa forma de cura do HIV alcançada nos Estados Unidos ainda não é facilmente replicável em outros pacientes, já que exige a medula de doadores com uma mutação rara. No entanto, Werciley Júnior ressaltou que as pesquisas em nível global para combate ao vírus da aids estão alcançando resultados cada vez mais consistentes.

Atualmente, apesar de ainda não haver uma cura definitiva para o HIV, os pacientes em tratamento com medicamentos antirretrovirais conseguem manter cargas indetectáveis. Dessa forma, essas pessoas não transmitem o vírus e nem desenvolvem a aids ou outras doenças relacionadas ao HIV.

Saúde Brasília 28/07/2022 – 18:53 Jacson Segundo / GT Passos Daniel Ito – Repórter da Rádio Nacional HIV remissão vírus AIDS quinta-feira, 28 Julho, 2022 – 18:53 147:00

Fonte: Ag. Brasil

Mais notícias