Conectado por

DJ90

Geral

Estados retomam gradualmente realização de cirurgias eletivas

Publicado por

em

Mesmo com o crescimento do contágio pelo novo coronavírus, vários estados já anunciaram o retorno gradual do atendimento ambulatorial e a realização de cirurgias eletivas, que estavam restritas devido à pandemia.

O Maranhão anunciou o retorno de atendimento ambulatorial de 40% da capacidade, dando prioridade para quem já tinha consultas agendadas. As cirurgias eletivas também voltarão a ser feitas.

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal informou que as cirurgias emergenciais e eletivas continuam ocorrendo nos hospitais. Os procedimentos são realizados de acordo com a gravidade de cada caso.

No Espírito Santo, os procedimentos cirúrgicos eletivos, cirurgias ambulatoriais eletivas, consultas e exames ambulatoriais especializados foram suspensos em 20 de março. Mas cirurgias oncológicas, cardiovasculares e de urgência e emergência estão sendo realizadas no estado.

No Acre, os atendimentos ambulatoriais estão sendo realizados de forma reduzida para evitar aglomerações. Já as cirurgias eletivas prioritárias são definidas pelas equipes médicas.

Segundo o Ministério da Saúde, não há recomendações para um prazo de atendimento desses procedimentos na rede pública nos estados.

Já na rede privada, a Agência Nacional de Saúde Suplementar estabeleceu prazos máximos para atendimento que os beneficiários dos planos de saúde. O prazo havia sido flexibilizado devido a pandemia.

As consultas básicas devem ser agendadas em 7 dias úteis; consultas especializadas em 14 dias, procedimentos de alta complexidade em 21 dias úteis; e situações de emergência e urgência de forma imediata.

Fonte: Ag. Brasil

Publicidade