Conectado por

Nacional

Espanha reabre para brasileiros – e permite entrada com Coronavac

O Consulado Espanhol no Brasil divulgou, nesta segunda-feira, que os brasileiros vacinados serão aceitos como viajantes na Espanha. Todas as vacinas são aceitas: Coronavac, Pfizer, AstraZeneca e Janssen e não será necessário fazer quarentena. As medidas são válidas a partir das 00h01 desta terça-feira (24).

O mundo segue mudando. Siga em evolução com a EXAME Academy

De acordo com as informações do site oficial, os viajantes vacinados só poderão entrar na Espanha com o comprovante de vacinação, após 14 dias da segunda dose. Testes contra a covid-19 podem ser realizados no aeroporto, de acordo com a situação sanitária na Espanha e a decisão das autoridades locais.

Para serem aceitos, brasileiros devem obter o certificado digital do Ministério da Saúde do Brasil na versão em Espanhol. Veja como obter o seu certificado aqui.

Todos os passageiros que chegarem ao aeroporto serão submetidos a uma checagem de saúde — nem que seja uma simples medição de temperatura. É necessário, também, preencher um formulário de controle de saúde, disponível no link: http://www.spth.gob.es. Depois de preenchido, o site deve gerar um QR Code, que será apresentado tanto no momento do embarque quanto na chegada à Espanha. 

Veja os formulários aceitos para entrar na Espanha

Todos os passageiros do Brasil com mais de 12 anos devem ter um certificado de saúde válido para entrar na Espanha, que pode ser um desses: 

  • Um certificado de vacinação (como já explicado acima)

 

  • Certificado de recuperação da covid-19:

Passageiros que já tiveram a doença podem apresentar certificado de recuperação desde que tenham se passado mais de 11 dias desde a realização do primeiro teste PCR positivo. Este certificado terá validade de 180 dias a partir de então. O certificado deve ser traduzido para espanhol.

  • Certificado de teste de diagnóstico

Os passageiros não vacinados e que não tiveram covid-19 devem fazer um teste de diagnóstico para entrar na Espanha. Os testes admitidos serão:

1. Testes de amplificação de ácido nucléico (NAAT), que detectam o material genético do vírus (por exemplo, PCR, TMA, LAMP, NEAR, etc.). A amostra deve ser colhida no máximo 72 horas antes do desembarque na Espanha.
2. Testes de detecção rápida de antígenos (RAT), que detectam a presença de antígenos de vírus. A amostra deve ser colhida no máximo 48 horas antes do desembarque na Espanha. Os testes admitidos são os autorizados pela Comissão Europeia, que podem ser consultados no seguinte link.

Essa é a primeira vez que a Espanha reabre suas fronteiras para o Brasil. No inicio de julho, o país europeu liberou a entrada de turistas vacinados de praticamente todos os países do mundo já vacinados contra a covid-19, mas Brasil e África do Sul ficaram de fora devido ao elevado número de casos da doença.

Quer saber tudo sobre o desenvolvimento e eficácia de vacinas contra a covid-19? Assine a EXAME e fique por dentro.

 

Fonte: Exame

Mais notícias