Conectado por

DJ90

Geral

Entrega de alimentação saudável para crianças é tema de seminário virtual

Publicado por

em

Com a paralisação das aulas pela pandemia do coronavírus, a preocupação com alimentação dos estudantes passou a ser mais relevante, principalmente para a população mais pobre. A entrega de alimentos saudáveis e a garantia da segurança alimentar para as crianças e adolescentes foi tema de seminário virtual organizado pela Aliança pela Alimentação Adequada e Saudável e pela Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura no Brasil.

 

Em abril, o Congresso Nacional aprovou lei que garantiu, de forma excepcional, que alimentos adquiridos com recursos do Programa Nacional de Alimentação Escolar, o PNAE, fossem repassados para as famílias de alunos das escolas públicas.

 

Em Curitiba, a prefeitura está entregando kits de alimentos com produtos da agricultura familiar para mais de 110 mil estudantes matriculados em sua rede de ensino. Maria Sílvia Bacila, secretária municipal de Educação, fala sobre a composição das cestas. Para Maria Silvia, os desafios são manter a qualidade dos alimentos para as famílias, continuar a aquisição pela agricultura familiar e garantir segurança na entrega dos kits durante o isolamento social.

 

Bruno Silva, especialista em Alimentação Escolar do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, afirma que a distribuição dos alimentos agora é emergencial, devendo ser garantida pelos gestores escolares.

 

A Aliança pela Alimentação Adequada e Saudável reforça que a participação da sociedade no acompanhamento do direito à alimentação para estudantes deve ser feita pelos Conselhos de Alimentação Escolar. Exemplos de experiências de distribuição de alimentos pode ser vistos no site alimentacacaosaudavel.org.br.

Fonte: Ag. Brasil