Conectado por

DJ90

Geral

Discurso da inauguração de Brasília marcou a missão da Rádio Nacional: ser a cara do Brasil

Publicado por

em

A primeira rádio de Brasília foi a Rádio de Lata, uma rádio-poste na Cidade Livre, atualmente Núcleo Bandeirante. Foi aberta três anos antes da inauguração da capital. O alagoano Claudionor Pedro dos Santos, hoje com 80 anos, chegou aqui no dia 21 de julho de 1957, com 17 anos, e, com a experiência de ter trabalhado em uma emissora em Maceió, se tornou um dos primeiros locutores da Rádio de Lata. Ele conta como surgiu a ideia.

 

E a Rádio de Lata foi fundamental para colocar a Rádio Nacional Brasília no ar, no dia 31 maio de 1958, porque os equipamentos não chegaram a tempo. A Rádio de Lata emprestou até seu acervo de discos para que a Nacional começasse a levar para todo o Brasil as notícias da construção.

 

O apresentador Valter Lima, que tem mais de 40 anos de carreira, comenta que um dos motivos para a Nacional ser uma das emissoras mais queridas no país é a vocação para a prestação de serviço.

 

E foi na Rádio Nacional que, na manhã de 21 de abril de 1960, Juscelino Kubitschek fez o discurso de inauguração da nova capital.

 

Além de integrar o país com informação e prestação de serviço, a Nacional Brasília AM também leva o futebol, com o “timaço Nacional”. O narrador André Luiz Mendes destaca a relevância das nossas jornadas esportivas.

 

Tem o entretenimento, com programas como “Eu de cá, você de lá”, que fazem da rádio a companhia perfeita para ouvir uma moda de viola ou viajar na boleia de um caminhão.

 

O jornalismo da Nacional também faz parte da história do país. Ao longo do século 20 e nessas primeiras décadas do século 21, a emissora levou o ouvinte para dentro dos fatos políticos. São programas de debates e radiojornais, além dos boletins de notícias, com notícias curtas e a agilidade que você precisa para estar sempre bem informado.

 

O mais clássico foi o “Repórter Esso”… E atualmente é o “Nacional Informa”.

 

Isso tudo sempre embalado pelos grandes clássicos da música brasileira, da música sertaneja até o rock, valorizando as características e os sotaques de cada região do país. A Rádio Nacional nasceu pra ser a voz e a cara do Brasil. Na próxima reportagem, vamos conhecer melhor a Rádio Nacional FM.

 

 

* Acesse aqui todas as reportagens do especial Brasília 60 Anos, que vai ao ar na Rádio Nacional e parceiras e também é publicado na Radioagência Nacional.

Fonte: Ag. Brasil