Conectado por



Nacional

Dinheiro, comida e água: o que os governos estaduais já doaram para o Rio Grande do Sul


Compartilhe:

Publicado por

em

O governo do Rio Grande do Sul divulgou neste domingo, 12, um levantamento preliminar em relação às doações feitas pelos governos estaduais em meio as enchentes que atingiram mais de 400 municípios gaúchos.

Além das equipes de resgate e salvamento, os entes federativos estão doando alimentos não perecíveis e água potável. Até este domingo, os governos estaduais já doaram cerca de 2 mil toneladas de donativos e mais de 421 mil litros de água potável, além de R$ 50 milhões em recursos financeiros para ajudar na reconstrução após as enchentes.

O cálculo considera apenas a ajuda enviada pelo poder público, não abarcando as doações encaminhadas por particulares, pela iniciativa privada e por outras instituições.

“A ajuda reflete o espírito de cooperação entre os Estados brasileiros, que estão empenhados em fornecer suporte e assistência para ajudar a população a se recuperar dessa calamidade. O momento exige união e solidariedade”, disse o governador Eduardo Leite.

Quais estados brasileiros mais doaram?

A ajuda financeira de R$ 50 milhões provém do governo do Mato Grosso e destina-se às ações de restabelecimento do Rio Grande do Sul.

Os cinco governos estaduais que mais fizeram doações de alimentos não perecíveis para o Rio Grande do Sul até o momento foram:

  • Paraná (890 toneladas de donativos)
  • São Paulo (377 toneladas)
  • Goiás (200 toneladas)
  • Minas Gerais (110 toneladas)
  • Distrito Federal (100 toneladas)

Em relação à doação de água, os governos estaduais que mais doaram até o momento foram:

  • Santa Catarina (152 mil litros de água)
  • Goiás (100 mil litros)
  • Paraná (90 mil litros entre caminhões pipa e copos d’água)
  • Amazonas (20 mil litros)
  • Bahia (10 mil litros)

Fonte: Exame

Publicidade

Mais notícias

Compartilhe: