Conectado por

DJ90

Política

Deputado Eyder Brasil propõe que escolas abram as portas para a comunidade.

Publicado por

em

Colégio José Otino de Freitas no Conjunto Marechal Rondon também pode ser contemplado com projetos como o do Major Guapindaia

 

Passados 500 dias de um mandato que dispensa comentários, o   Sargento Eyder Brasil diz que não há nada melhor que um sentimento   de dever cumprido, uma vez que tem procurado abraçar cada um dos   52 municípios que lhe deu a oportunidade de ser um dos 24 deputados   dessa nova legislatura e dessa forma com maior notoriedade.

Para o líder do governo na Assembleia Legislativa: “A tríade família,   escola e comunidade precisam andar de mãos dadas”.

Nesse sentido já prevê a destinação de verbas para a implantação de  um espaço para a leitura e práticas esportivas no Colégio Major  Guapindaia e pretende estender a mesma proposta ao Colégio Dr. José Otino de Freitas.

Salientamos, que no local (Colégio Dr. José Otino de Freitas) há um espaço de aproximadamente 1.000 metros quadrados e somente 40% deste é utilizado, desde a sua inauguração.

vista aérea do Colégio Dr. José Otino de FreitasO parlamentar acrescentou: “Porque não ousar no “José Otino”? com a implantação de projetos de cunho educacional, cultural, recreativo, de artesanato, de incentivo à leitura, de práticas esportivas, de lazer, assim como de outras formas nesse espaço?”.

Se pensarmos somente no público do Conjunto Marechal Rondon já disponibilizaríamos direta ou indiretamente a mais de três mil e quinhentos moradores daquela região.

Sem esquecer os Idosos, que deixariam de arriscar a vida na travessia da Avenida Calama para realizar atividades físicas no Parque da Cidade, a fim de obter melhor qualidade de vida.

No tocante aos adolescentes, também poderia ser construído um campo de futebol Society, além da revitalização da antiga quadra ali existente.

Para o parlamentar a ausência de vigilantes nas escolas gerou um alto índice de furtos e consequentemente prejuízos aos cofres públicos e movimentar as escolas aos finais de semana seria no mínimo estratégico, pois inibiria a ação de possíveis vândalos além é claro de promover a interação da comunidade local.

Arrematou dizendo: “Já morei inclusive no Conjunto Marechal Rondon, meus familiares e sobrinhos estudaram na escola José Otino, conheço a realidade de lá e sou um apaixonado pela Educação. E eu acredito muito no conjunto; escola, família e comunidade, nessa tríade, trabalhando em parceria, ficaria muito feliz em ser um parceiro da Escola José Otino na implantação desse projeto.”

“Nós temos as nossas emendas parlamentares, durante o mandato já destinei dois milhões de reais somente para a educação  e assim como eu vou destinar pra Escola major Guapindaia eu ficaria muito honrado em destinar também um projeto dessa magnitude, desse alcance, dessa ferramenta de transformação social que abrace toda a comunidade, concluiu Eyder Brasil.”

Jean Richardson – comunicação

 

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade