Conectado por

DJ90

Nacional

Coronavírus: Hospital de campanha do Anhembi, em São Paulo, tem primeira morte

Publicado por

em

O hospital de campanha montado no complexo do Anhembi, na zona norte de São Paulo, para pacientes com o novo coronavírus, teve a primeira morte confirmada pela Secretaria Municipal da Saúde, gestão Bruno Covas (PSDB), na tarde deste domingo (19).
Segundo a pasta, um idoso de 79 anos teve complicação em seu estado de saúde e morreu na noite de sábado. A secretaria não informou se ele tinha outros problemas.

Esta foi a segunda morte nos hospitais de campanha montados na capital paulista. A primeira foi no último dia 12, na instalação montada no estádio do Pacaembu (zona oeste) -um homem de 36 anos, que tinha doença de chagas. Até o início da noite deste domingo, o Pacaembu estava com 81 leitos ocupados, e o Anhembi, com 129.

De acordo com balanço divulgado neste domingo pela secretaria, 807 pessoas já morreram por causa da Covid-19 na cidade. Outros 1.276 óbitos são investigados. Ao todo, são 40.542 casos suspeitos da doença na cidade e outros 10.388 confirmados.
Já no Estado, segundo o governo João Doria (PSDB), 1.015 pessoas morreram desde o primeiro registro da doença no país, no fim de fevereiro.

De acordo com balanço da Secretaria Estadual da Saúde, houve pelo menos um óbito em 93 cidades, com prevalência na Grande São Paulo. Atrás da capital estão Guarulhos (28), Osasco (27), São Bernardo do Campo (20) e Santo André (12). Atualmente há 5.600 pessoas em hospitais em virtude da doença (confirmados e suspeitos), sendo 3.279 em leitos de enfermaria e 2.345 em leitos de Unidades de Terapia Intensiva.

Fonte: O tempo