Conectado por

Nacional

Coronavac: Rio suspende uso de lote interditado pela Anvisa após vacinar 1.206

Mais de 1.200 pessoas foram vacinadas, no Rio de Janeiro, com  doses da Coronavac de um dos lotes suspensos pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). As informações são da Secretaria Municipal de Saúde do Rio. 

Segundo a secretaria, não há indicação, neste momento, de revacinar essas pessoas e qualquer reação adversa deve ser comunicada à unidade de saúde que aplicou a dose. A secretaria suspendeu o uso das doses e disse que espera um posicionamento do Ministério da Saúde. O Instituto Butantan, em São Paulo, reforçou que o imunizante é seguro.

Minas recebeu 823.400 doses de lotes suspensos da Coronavac pela Anvisa

Mais cedo, a Anvisa havia informado que 42 lotes de vacinas da Coronavac, produzidas em parceria entre o Instituto Butantan e a farmacêutica chinesa Sinovac,  foram suspensos para uso no Brasil por medida cautelar. A decisão foi tomada devido a características regulatórias das vacinas, e não da eficácia ou risco de aplicação do imunizante. 

Anvisa suspende uso de mais de 12 milhões de doses de Coronavac no Brasil

Em nota, também neste sábado, segundo o G1, o Instituto Butantan afirmou que “a medida da Anvisa não deve causar “alarmismo” e que foi o próprio instituto que alertou a agência por “extrema precaução”. E acrescentou que “convida a cúpula da Anvisa para voltar a conhecer as instalações das fábricas da Sinovac” na China.

 

Fonte: O tempo

Mais notícias