Conectado por

Nacional

Como se tornar um consumidor consciente e evitar desperdícios; veja dicas

Uma pesquisa realizada pela Nielsen, empresa global de informação, dados e medição germano-americana, apontou que 42% dos consumidores brasileiros estão mudando seus hábitos de consumo para reduzir o impacto no meio ambiente. Mas, ainda assim, o desperdício em casa continua sendo um grande vilão do consumo consciente, ou seja, o mau gerenciamento de compra de produtos ainda é grande no Brasil. Pelo menos é o que revela o relatório da Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária), de 2018, segundo o qual cada brasileiro desperdiça, em média, 41,6 kg de comida por ano. E o pior: durante a pandemia, a geração de resíduo domiciliar cresceu mais de 10%, alcançando um patamar entre 15 e 20%.

Atenta ao cenário e buscando uma solução para o problema, a Food To Save aposta num modelo em que resgata produtos excedentes de estabelecimentos parceiros. A startup acredita na importância de contribuir com o meio ambiente adotando pequenos hábitos no dia a dia.

“Nós não queremos só que os consumidores comprem a sacola. Nosso objetivo é que as pessoas saibam que estão fazendo parte de uma corrente importante, que beneficia o planeta e a sociedade. Além disso, é importante que elas pensem duas vezes antes de comprar apenas por impulso e jogar os alimentos no lixo”, declara o CEO e cofundador da Food to Save, Lucas Infante.

Com venda de “sacolas surpresa” de alimentos com 70% de desconto, a foodtech fornece outra chance aos produtos próximos da validade ou que não podem ser reaproveitados no dia seguinte, como os perecíveis, por exemplo. Ao todo, são mais de cem estabelecimentos cadastrados na Capital Paulista e no Grande ABC. As sacolas são adquiridas no site ou aplicativo da empresa e podem ser entregues via delivery ou retiradas diretamente nos locais escolhidos.

Segundo Infante, essa é apenas uma ponta da cadeia. “Estamos trabalhando para reduzir o desperdício de estabelecimentos em geral, mas essa é uma cultura que nós queremos levar para dentro da casa dos nossos foodsavers, como carinhosamente chamamos os clientes”, afirma.

O empreendedor elencou quatro dicas que podem ajudar a acabar de vez com o desperdício em casa. Confira:

1 — Planeje suas compras⠀

Crie o hábito de fazer listas de compras antes de ir ao supermercado. Dessa forma você garante que comprará apenas o essencial e não por impulso ao ver os produtos na prateleira. Chegando em casa, o risco de desperdício desses alimentos é muito mais baixo, já que você sabe quais são os itens que você vai consumir na sua rotina.⠀

2 — Conserve os alimentos de forma correta

Deixar os alimentos em locais limpos e temperaturas adequadas é essencial para que eles não estraguem e acabam tendo o lixo como destino. É importante destacar que cada produto tem o seu modo de armazenamento, que preserva a sua qualidade.

3 — Prepare apenas a quantidade de comida necessária

Os brasileiros estão acostumados a preparar uma mesa farta, com diversos tipos de pratos, e, muitas vezes, grande parte acaba sendo jogada fora. Pense socialmente e no meio ambiente como um todo, e cozinhe apenas o que a sua família pode consumir naquela refeição. Isso vale na hora de fazer o prato também.

4 — Reaproveite tudo o que puder

Congelar os alimentos em embalagens apropriadas, como plástico ou vidro, é uma das formas corretas de armazenar a comida para reaproveitá-la em outro momento. A internet também nos ajuda muito para outra tática: procurar receitas para deixar seu alimento com uma nova cara; isso vale para cascas, sementes e até arroz e feijão já temperados. ⠀

Passo a passo: como funciona a Food to Save

Os pedidos podem ser feitos diretamente no site da foodtech ou pelo aplicativo, disponível para Android e IOS. Basta inserir o CEP do local em que se encontra e visualizar os estabelecimentos mais próximos que possuem sacolas disponíveis no dia. O cliente pode optar por receber a sacola em seu endereço ou retirá-la diretamente no estabelecimento escolhido. De acordo com o que estiver disponível, a plataforma mostra o valor que deverá ser pago e o tipo de produto que irá na sacola surpresa, podendo o cliente escolher entre doce, salgada e mista.

Siga a Bússola nas redes: Instagram | Linkedin | Twitter | Facebook | Youtube

Veja também

Fonte: Exame

Mais notícias