Conectado por



Nacional

Chuvas em SP deixam motoristas ilhados no Vale do Anhangabaú e estação da luz sem energia


Compartilhe:

Publicado por

em

As fortes chuvas que caíram em São Paulo nesta terça-feira, 5, colocaram toda a capital paulista em estado de atenção, conforme o Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas (CGE), órgão ligado à Prefeitura. As áreas mais atingidas pelo temporal foram bairros das zonas norte e leste e do centro, onde a Defesa Civil registrou 85 mm de chuva em duas horas.

As consequências do alto volume de chuvas que caiu no Centro foi registrado por moradores e pessoas que estavam na região no momento do temporal. Imagens mostram o Terminal de ônibus Bandeira alagado, e pessoas ilhadas no Vale do Anhangabaú. Algumas, conforme as imagens, tiverem que ficar sobre os carros, já quase completamente submersos.

O Corpo de Bombeiros foi acionado para socorrer quatro pessoas, que precisaram ser retiradas de veículos na rua Formosa, altura do nº 100. O grupo foi colocado em local seguro, segundo os bombeiros. Não há informação de vítimas.

Na Rua Paim, na Bela Vista, também no centro, uma calçada em frente a um terreno vazio cedeu e um carro acabou caindo em um barranco depois de ser levado pela força da água. Em Higienópolis, moradores relatam falta de energia.

Na Estação da Luz, também na região central, foram registrados alagamentos e queda de energia elétrica – o local precisou acionar os geradores para manter a operação.

“Na noite desta terça-feira (05/03), devido às fortes chuvas registradas em São Paulo, por volta das 19h40, houve queda de energia por parte da concessionária na Estação da Luz, que atende os serviços 710 (linhas 7-Rubi e 10-Turquesa), Expresso Aeroporto e 11-Coral”, informou a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), em nota.

Por causa das quedas de energia, a estação precisou funcionar por gerador. “A operação dos trilhos segue normalmente”, afirmou a CPTM no comunicado. Cinco das 16 escadas rolantes da estação foram desligadas, mas a companhia garantiu que elevadores para pessoas com deficiência, mobilidade reduzida, com crianças de colo, gestantes e idosos continuaram funcionando”.

A Defesa Civil registrou pontos de alagamento nos bairros Casa Verde, Jaçanã, Vila Maria e Vila Guilherme, na zona norte; Sé, no centro, e Vila Formosa e Mooca, na zona leste.

Fonte: Exame

Publicidade

Mais notícias

Compartilhe: