Conectado por

Geral

Caso Gabriel Monteiro: Vereadores denunciam ataques na internet

Vereadores do Conselho de Ética que investigam possível quebra de decoro parlamentar do vereador Gabriel Monteiro, do PL, denunciaram que estão sofrendo ataques em massa de seguidores do acusado nas redes sociais.

Nesta quinta-feira, eles ouviram duas testemunhas de defesa: o perito Leandro Lima e o policial militar Bruno Novaes Assumpção, que faz a escolta do parlamentar.

Os integrantes do conselho anunciaram que vão procurar a Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI) para denunciar as ameaças que têm recebido nas redes sociais. O relator do processo, vereador Chico Alencar , do Psol, informou que já recebeu mais de 300 ameaças. Uma varredura em busca de escutas também será realizada nos gabinetes dos integrantes do conselho, por suspeita de que estejam sendo monitorados.

O vereador Alexandre Isquierdo, do União, presidente do conselho, explicou que o vídeo apresentado, nesta quinta-feira, pela defesa de Gabriel Monteiro, periciado por Leandro Lima e analisado pelo psicólogo Rodrigo Pimenta de Matos, não é o mesmo juntado aos autos da representação e que, portanto, não tem valor jurídico.

Nas imagens originais, Monteiro aparecia acariciando uma menina, convidada por ele para higienizar a cabeça, em um vídeo que o vereador veiculou em suas redes sociais.

Na próxima terça-feira, serão ouvidos os assessores Rafael Murmura Angelo e Miquéias Arcênio.

Já no dia 21, será a vez de Pablo Foligno e o delegado da 42ª Delegacia de Polícia, Luis Maurício Armond Campos.

Gabriel Monteiro deverá ser ouvido pelo conselho ainda no mês de junho.

*Com informações da Agência Brasil

Política Brasília 09/06/2022 – 23:47 Agência Brasil Beatriz Arcoverde* – Editora da Radioagência Nacional Gabriel Monteiro quinta-feira, 9 Junho, 2022 – 23:47 2:02

Fonte: Ag. Brasil

Mais notícias