Conectado por

Geral

Burguer King assedia empregado retirando a carne de seu sanduíche

A justiça trabalhista condenou a rede de Fast Food Burguer King a indenizar um empregado por danos morais por ter oferecido lanche incompleto na refeição.

A empresa retirava a carne ou salada do lanche do funcionário como forma de castigo. Se ele não conseguisse atender a todos os clientes no tempo estimulado pelo supervisor, era aplicada a redução da alimentação.

Testemunhas do processo relataram que em algumas ocasiões o funcionário recebia apenas pão na hora do lanche.

A câmara fria da lanchonete também foi usada para aplicar castigos. O funcionário foi levado até o lugar depois de discutir sobre futebol com um superior.

Segundo a 14ª Vara do Trabalho de São Paulo houve dano moral e a empresa foi condenada a pagar R$ 7 mil.

Essa não é a primeira vez que a rede Burger King foi condenada pela justiça trabalhista. Em 2020 recebeu punição da justiça de Araraquara, no interior de São Paulo, por prática de jornada abusiva.

A reportagem tentou contato com a empresa, mas não obteve retorno.

 

Justiça São Paulo 01/08/2022 – 17:58 Roberto Marques Piza / Guilherme Strozi Eliane Gonçalves – Repórter da Rádio Nacional Burguer King Justiça castigo empregado segunda-feira, 1 Agosto, 2022 – 17:58 71:00

Fonte: Ag. Brasil

Mais notícias