Conectado por

Nacional

Brasil recebe cerca de 2 milhões de vacinas após quase uma semana sem remessa

O Ministério da Saúde recebe, entre esta quarta-feira (14) e quinta-feira (15), mais remessas de vacinas contra a Covid-19. São as primeiras entregues desde a última sexta-feira (9), quando foram repassadas 4 milhões de doses Astrazeneca  – montante que será distribuído aos Estados e ao Distrito Federal nas próximas 48 horas, revelou a pasta.

Hoje, o lote que já foi enviado ao Programa Nacional de Imunizações (PNI) é de cerca de 800 mil doses da Coronavac, que foram finalizadas no Instituto Butantan, em São Paulo. Assim, o laboratório volta a repassar imunizantes envasados no país após recebimento de Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA) no dia 26 de junho – na semana passada, foi entregue um lote com 1 milhão de doses, mas de imunizantes importados prontos da China, já entregues aos municípios. A saída das doses na manhã desta quarta-feira (14) foi acompanhada do governador João Doria. Para quinta-feira (15), o Butantan anunciou a entrega de mais 200 mil doses.

Ao todo, com os 6 mil litros de IFA recebidos no dia 26, estão previstas 10 milhões de doses. Na terça-feira (13), o instituto também recebeu mais 12 mil litros de matéria-prima para mais 20 milhões de doses, e espera uma nova remessa de IFA, com mais 12 mil litros, até o fim do mês.

 

Já a Pfizer comunicou que entrega, ainda nesta quarta-feira (14), 924,3 mil doses de seu imunizante ao PNI – única remessa prevista deste imunizante na semana. O voo deve desembarcar no Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), no início da noite. O último envio feito pela empresa foi no dia 7 de julho, quando foram entregues 600,2 mil imunizantes ao Ministério da Saúde – doses essas que já foram encaminhadas aos Estados. Ao todo, cerca de 17 milhões de doses deste imunizante terão sido entregue ao Brasil até o fim desta semana. Elas integram um primeiro acordo firmado com o governo federal e a farmacêutica, que prevê 100 milhões de vacinas até o fim de setembro.

Astrazeneca e Janssen
Doses da vacina Astrazeneca, finalizada pela Fiocruz no Brasil, são repassadas sempre às sextas-feiras ao governo federal. Em relação a vacinas Janssen, ainda não foi anunciado se mais algum lote será antecipado – o contrato, de fato, tem previsão de início de entrega de doses em setembro. Há expectativa, ainda, que o governo dos Estados Unidos faça uma nova doação deste imunizante ao Brasil até o fim deste mês.

Proteção na fronteira

O Ministério da Saúde informou que, a partir desta semana, vai enviar doses aos Estados para priorizar a vacinação dos brasileiros que moram em cidades perto de outros países. “Isso só reforça a nossa proteção contra variantes da Covid-19”, argumentou a pasta.

Minas Gerais

Em MG, na última sexta-feira, chegaram 271.440 doses da Pfizer e 79.600 doses da CoronaVac – distribuídas para todos os 853 municípios. Foi o último lote recebido em solo mineiro.

Fonte: O tempo

Mais notícias