Conectado por

DJ90

Nacional

Após assalto em Criciúma, 4 são presos por furto de cédulas deixadas por bandido

Publicado por

em

Quatro homens foram presos pelo furto de cédulas de dinheiro deixadas por bandidos após o assalto a uma agência bancária de Criciúma (SC), na madrugada desta terça-feira, 1º. Logo após o fim dos tiroteios, a Polícia Militar (PM) apreendeu R$ 810 mil em dinheiro em um apartamento da área central de Criciúma. Nesta ocorrência, quatro pessoas foram presas e conduzidas à Delegacia de Polícia.

Eles alegam não ter envolvimento com os criminosos que praticaram o assalto nesta madrugada. A Polícia Civil investigará se os suspeitos presos teriam aproveitado a situação para pegar o dinheiro que ficou para trás durante a ação, após a fuga do grupo.

Além disso, o comandante do 9º Batalhão da Polícia Militar (BPM) de Criciúma, tenente-coronel Christian Dimitri, recebeu informações de pessoas da comunidade que aproveitaram a situação para saquear notas de dinheiro da agência. “Essas cédulas serão rastreadas e vamos chegar aos infratores”. Nas redes sociais, vídeos mostram pessoas recolhendo o dinheiro nas ruas da cidade

De acordo com a Polícia Militar, criminosos armados com explosivos e munições de vários calibres assaltaram a agência bancária e efetuaram disparos na região central da cidade. No início da ação, os criminosos chegaram a atirar contra o 9º Batalhão da Polícia Militar (BPM) de Criciúma. Um policial militar foi ferido no abdômen e precisou passar por uma cirurgia No início da manhã desta terça-feira, 1º, a Polícia Militar emitiu uma nota oficial, informando que após passar por uma cirurgia, o profissional apresenta um quadro de saúde que ainda inspira cuidados.

A PM busca, ainda, um vigilante que teria sido ferido durante a ação criminosa. Durante a madrugada, circularam informações de que além do policial, um profissional da área da segurança também teria sido atingido pelos disparos. Esta pessoa não foi encontrada até o momento, e a PM ainda tenta confirmar a informação.

A Polícia Militar de Santa Catarina faz diligências em busca dos criminosos na manhã desta segunda-feira, 30. A PM conta com o apoio do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), Choque, Batalhão de Aviação, Canil e Polícia Militar Rodoviária Estadual. Equipes de Inteligência das Forças de Segurança Pública também atuam em conjunto. A Polícia Civil do Estado acionou polícias do Rio Grande do Sul e Paraná para reforçar a ação.

A PM reforça que denúncias podem ser encaminhadas por meio dos telefones 190, ou pelo 181 da Poli?cia Civil, aplicativo PMSC Cidadão ou Rede de Vizinhos.

Fonte: O tempo