Conectado por

DJ90

Geral

Acre pede apoio do governo federal para combater queimadas e desmatamento

Publicado por

em

O governador do Acre, Gladson Cameli, solicitou apoio do governo federal para o combate a desmatamentos e queimadas no estado, principalmente nas regiões de Manoel Urbano, Sena Madureira e áreas de conservação.

 

A principal preocupação do governo acriano é que se o período de seca no Acre for marcado por queimadas, o número de doenças respiratórias pode disparar. Isso, somado à pandemia de Covid-19, poderia sobrecarregar ainda mais a rede pública de saúde.

 

Por telefone, Cameli pediu que o vice-presidente da república, Hamilton Mourão, interceda junto às Forças Armadas para atuação no estado do Acre.

 

A nossa produção entrou em contato com a assessoria da Presidência da República para saber se o pedido do governador será acatado, mas ainda não obteve resposta.

 

O governo federal deve iniciar no dia 11 de maio a GLO, Operação Garantia da Lei e Ordem na Amazônia.

 

Em 2019, a ação foi realizada em agosto, quando queimadas e desmatamento atingiram níveis críticos em todo o país. Este ano, a GLO na Amazônia deve começar mais cedo, a fim de ter um alcance maior no combate a crimes ambientais. Pará, Rondônia e Mato Grosso vão ser os primeiros estados a receber a operação que, depois, deve ser estendida para os demais da região amazônica

 

No Acre, o desmatamento ilegal é responsável pela maior parte das queimadas na área rural.

Fonte: Ag. Brasil