Conectado por

Geral

Acidente com fogos de artifício causa morte de uma criança em SP

Em depoimento, a mãe da vítima contou que adolescentes que moram na mesma rua estavam soltando fogos durante todo o sábado quando um dos artefatos foi arremessado em direção a sua casa e caiu sobre a cama onde a filha estava deitada. Com a explosão, o rosto da menina foi atingido.

Uma câmera instalada na mesma rua gravou imagens do momento em que o adolescente joga o explosivo em direção à residência. Logo em seguida, é possível ver a mãe saindo desesperada e na sequência o pai aparece com a criança desacordada nos braços. A vítima foi levada para a Santa Casa, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no domingo.

O caso foi registrado como homicídio culposo pela Polícia Civil e o jovem de 14 anos, responsável por atirar a bomba, já foi identificado e deve responder por ato infracional. Ele está foragido. O artigo 244 do Estatuto da Criança e do Adolescente pune com detenção de 6 meses a 2 anos, mais multa, a quem vende, fornece ou entrega fogos de artifício para crianças e adolescentes.

O Corpo de Bombeiros alerta que soltar fogos de artifício pode causar sérios danos à saúde, como queimadura, mutilação dos dedos, mãos e rosto e que deve ser manipulado por adultos sempre verificando a qualidade do produto, se não está amassado ou úmido, e se o fundo do material não apresenta qualquer comprometimento.

Vale ressaltar também que nunca deve se reaproveitar o material caso tenha sido aceso e não tenha havido a explosão esperada. Fogos de artifícios jamais devem ser usados em locais fechados, somente em espaço aberto, com razoável distância de segurança, para que as festas de fim de ano não acabem em acidentes.

 

Geral São Paulo 27/12/2021 – 18:40 TV Brasil – GT Passos Sarah Quines – Repórter da TV Brasil fogos artifício Acidente segunda-feira, 27 Dezembro, 2021 – 18:40 1:43

Fonte: Ag. Brasil

Mais notícias