Conectado por



Polícia

Assassinatos caem em Rondônia, mas estado permanece acima da média nacional


Compartilhe:

Publicado por

em

O número geral de crimes violentos em Rondônia caiu 14,5% no ano de 2023, mas o estado permanece acima da média nacional, segundo dados do Monitor da Violência, índice nacional de homicídios criado pelo g1 com base nos dados das Secretarias de Segurança Pública dos 26 estados e do Distrito Federal.

De acordo com o índice, 443 mortes foram registradas em 2023, enquanto que no mesmo período de 2022, foram 518 assassinatos em Rondônia. O Brasil teve queda de 4% no número de crimes violentos.

Em Rondônia, os índices de crimes em 2023 apontam que:

  • A redução aconteceu depois de 2 anos de alta nos crimes;
  • O índice de mortes por 100 mil habitantes é de 28 ( maior que o nacional, que é de 19,4);
  • O crime de homicídio doloso (incluindo o feminicídio) representa a maior parte das mortes;
  • Já no caso dos latrocínio (roubo seguido de morte) houve uma redução de quase 50%;
  • Além disso, não foi registrado nenhum crime de lesão corporal seguida de morte, o que representa uma queda de 100%.

Os dados não incluem as mortes decorrentes de violência policial, são contabilizadas no levantamento: vítimas de homicídios dolosos (incluindo os feminicídios), latrocínios (roubos seguidos de morte) e lesões corporais seguidas de morte.

O Monitor da Violência reúne informações mês a mês em parceria com o Núcleo de Estudos de Violência da Universidade de São Paulo (NEV-USP) e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP)

Pico de crimes

A redução gradual nos números de assassinatos foi registrada após dois anos de alta, sendo 2022 e 2021 os períodos com os maiores picos de crimes em Rondônia.

Apesar da queda, o estado possui um dos maiores índice do país, com 28% de assassinatos por 100 mil habitantes (o índice nacional é de 19,4).

No ano passado, o mês que mais registrou mortes por homicídio foi em dezembro, com 50 casos, seguido por julho com 41 ocorrências.

Já os meses com as menores taxas foi o de março, com 24 mortes e agosto, que registrou 31 crimes de homicídios, de acordo com os dados do Monitor da Violência.

Mortes violentas na região Norte

Na região Norte, Tocantins foi o estado com o menor índice de mortes violentas no país, com uma redução de 19,8% nos casos, seguido por Rondônia, Pará e Roraima.

O Amapá, que registrou alta de quase 50% no número de crimes violentos, está na pior colocação entre os estados. Já o Amazonas e o Acre registraram queda abaixo de 10%.

Veja o ranking de redução de mortes violentas no Norte:

  • Tocantins: -19,8%
  • Rondônia: -14,5%
  • Pará: -13,7%
  • Roraima: -10,9%
  • Amazonas: – 6%
  • Acre: – 5,1%
  • Amapá: 49,5%

*Por G1 Rondônia

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Mais notícias

Compartilhe: